PROSTODONTIA

A Prostodontia é a especialidade da Medicina Dentária  que permite a substituição de dentes perdidos, devolvendo a sua função, saúde e estética, seja através da reconstrução e reparação dos dentes danificados como da colocação de próteses dentárias (unitárias, parciais ou totais) que visam a substituição dos dentes em falta.

Prótese fixa sobre implantes (imagem)

 

Próteses Fixas

A Prótese Fixa é a restauração parcial ou total da coroa de um ou vários dentes. É fixada sobre a dentição do paciente, previamente preparado para recebê-la.

Pode ser usada em várias situações:

  • Dentes muito reconstruidos que fraturam com facilidade;
  • Substituição de dentes ausentes;
  • Recobrimento total dos maxilares.

Ao recorrer à Prótese Fixa, o fator estético é um elemento muito importante a ter em consideração.

Há um processo de sintonia entre o médico, o laboratório e o paciente para que a escolha da forma e da cor seja o mais adequado para cada caso.

O material usado é muito resistente, não fratura com facilidade, não muda de cor e não pigmenta, dando um aspeto visual muito idêntico aos dentes naturais

________________________________________________________________________

Próteses Removíveis

As Próteses Removíveis são os substitutos de dentes perdidos que podem ser removidas e recolocadas da sua boca. Pode levar algum tempo até que o paciente se habitue.

Hoje em dia, algumas próteses já apresentam um aspeto semelhante ao dente natural e são mais confortáveis.

Existem dois tipos principais de próteses removíveis: total ou parcial. O nosso dentista ajudá-lo-á a decidir que tipo de prótese será a melhor, mediante o número de dentes que serão substituídos e o custo envolvido.

Qual a diferença entre Próteses Acrílicas e Próteses Esqueléticas ?

As próteses acrílicas são as próteses dentárias mais económicas, utilizam-se para a substituição de 1 até todos os dentes. São todas feitas em acrílico normalmente rosa e/ou transparente podendo ter ganchos para retenção nos dentes. São essencialmente apoiadas na gengiva durante a mastigação.

As próteses esquelética utilizam-se para a substituição de 1 ou mais dentes mas não como próteses totais, pois requerem alguns dentes para a sua boa função e retenção. A sua base de sustentação ou esqueleto é feito numa liga metálica inoxidável (crómio, níquel e cobalto) revestido de dentes e gengiva de acrílico. É mais confortável que a total acrílica pois é mais pequena e fina, assim como é mais resistente a fraturas. São essencialmente apoiadas nos dentes durante a mastigação.

                                   1- Esquelética                                                                                           2- Acrílica